Animação do loading

A Continental, como boa marca alemã que é, chegou até nós com um objetivo claro e direto: era preciso retomar a conversa entre esta marca, líder europeia da indústria de componentes de automóveis, e os seus consumidores finais. Para tema de conversa, escolheu-se a confiança.

O desafio residia em integrar esta conversa numa plataforma digital que fosse capaz de incentivar a interação e a partilha de conteúdos por parte dos utilizadores que a ela chegassem.

Pensámos e discutimos pontos de vista sobre o que é isso da confiança, essa palavra que tantas vezes vem à baila, ora na publicidade, ora nas conversas mais triviais.

Não fizemos nenhuma tese de mestrado sobre o tema, mas podemos dizer que ficamos bem cientes de até onde este tema pode ir.

Em síntese, confiar é uma predisposição, uma necessidade, que nasce com cada um de nós. Só não damos confiança a tudo e a todos. Selecionamos. E isto pressupõe precedentes, critérios que orientam a forma como gerimos a nossa confiança.

Ou seja, temos a nossa própria maneira de confiar, um perfil de confiança que nos distingue. Foi esta particularidade que nos interessou explorar, esta predisposição que partilhamos e as razões tangíveis ou intangíveis que nos levam a confiar. No fundo, quisemos apenas relembrar a confiança que nos une e que os motivos para confiar estão ao nosso redor, mesmo que, por vezes, não os consigamos ver.

Tal como acontece com as melhores conversas, esta começou com uma pergunta:



Criou-se o url www.minhaconfianca.pt para receber e dar a mostrar a campanha, que acabou por ficar alojado no próprio website da marca.

A abrir a página, um vídeo enquadrava o tema com um exemplo maior de confiança: aquela que não conhece limites.



Imediatamente, a questão inaugural adquiria um outro sentido, instigava a consciência, o que era propício para levar os utilizadores a avançar para a etapa seguinte – um teste de personalidade.


Este teste propunha-se a identificar o perfil de confiança do utilizador, através de uma série de afirmações, sobre as quais o utilizador deveria indicar o seu grau de concordância ou discordância.

Após submissão do teste, um algoritmo calculava o perfil de confiança, que era depois apresentado ao utilizador com uma descrição dos traços que o caraterizavam. A par disso, um botão permitia a partilha instantânea nas redes sociais.

Para terminar a conversa, houve ainda espaço para realçar a Visão Zero Acidentes da Continental, uma visão que parece bem mais simples de atingir depois de se falar em confiança sem limites.

Resultados:

YouTube

- 143.092 visualizações do vídeo produzido.

Facebook

- 719 novos fãs;

- 15.300 interações (gostos, partilhas e comentários);

- 27.000 visualizações do vídeo no Facebook, acima dos 30 segundos;

- 1.900.000 utilizadores alcançados por publicações Continental ou partilhas de conteúdos Continental.

Site Continental

- 19.000 visitas no período de campanha;

- 11.200 pageviews da página de campanha.

Veja também

Morada
Praça da República, N.º93, sala 701
4050-497 Porto Portugal

Telefone
+351 220 931 976

E-mail
hello@bazooka.pt