Animação do loading

No ano em que completava 60 anos de existência, esta empresa de tratamento de madeiras desafiou-nos a realizar um rebranding completo da sua marca, por forma a adaptá-la às transformações ocorridas tanto no cerne da empresa, como no sector de mercado em que se move.

Portanto, dizer que criámos esta marca de raiz faz mais do que sentido, porque o que fizemos foi dar-lhe um nome mais polido, moldar-lhe uma identidade e, a partir daí, fazer germinar um novo logótipo e o respetivo estacionário. A natureza, agora, fará o resto.



Ao longo do processo, demos particular atenção à leitura da logomarca. Pretendíamos assegurar que a perceção do seu objeto fosse simples e imediata. Isto porque, em nosso entender, o público preferencial da marca não perde tempo a apreciar ou deslindar o logótipo de uma empresa – é pragmático a decidir. Logo, definido que estava um logonome que não deixava margem para dúvidas , era necessário que a identidade visual da Lusowood respondesse da mesma forma.



O logótipo de uma marca nem sempre precisa de incluir elementos iconográficos. No entanto, eles são o melhor recurso para condensar uma mensagem, uma metáfora. Neste caso, havia certamente uma mensagem a transmitir – a da experiência e especialização que a empresa acumulara ao longo de mais de meio século. Mais do que um ícone que incorporasse esta mensagem, queríamos um símbolo, tão robusto quanto a herança da empresa.



Depois de alguns estudos de cor, optámos por resumir o espetro ao verde e aos tons neutros. De novo, foi a premissa de facilitar a interpretação da logomarca que determinou a nossa escolha. Se preto no branco, ou vice-versa, não deixa enganar, o verde aporta à marca um caráter semiótico mais relevante, procurando traduzir os valores da sustentabilidade e equilíbrio com o meio natural, por que a empresa se orienta.

Veja também

Morada
Praça da República, N.º93, sala 701
4050-497 Porto Portugal

Telefone
+351 220 931 976

E-mail
hello@bazooka.pt